O Brasil na trilha sonora do mundo

A música brasileira é híbrida. Tem samba, tem pop, tem forró, tem música eletrônica, tem MPB e, claro, tem tudo isso misturado com muito talento. Já perceberam que nossos artistas têm aparecido nas mais variadas trilhas sonoras e caído no gosto de muita gente pelo mundo afora? É bem fácil perceber isso no cinema. A música brasileira aparece em vários dos nossos filmes preferidos.

No filme Fale com Ela, do grande Pedro Almodóvar, a lindíssima “Por Toda a Minha Vida”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, faz arrepiar na voz de Elis Regina. No mesmo filme, ainda há uma participação de Caetano Veloso.

E sabem onde tem mais Bossa Nova? No filme Shrek! O instrumental de “Meditação”, de Tom Jobim e Newton Mendonça, foi a grande pedida.

Recentemente, Carlinhos Brown e Sergio Mendes concorreram ao Oscar na categoria Canção Original com a música “Real in Rio” da trilha sonora da animação Rio.

Mas o orgulho também é grande quando outros artistas gravam nossos sucessos. Esse é o caso da cantora e baixista americana Esperanza Spalding, que canta em inglês, espanhol e português. Ela até já tem uma música gravada com a brasileiríssima Ana Carolina.

E quando um ritmo é tão bom, mas tão bom, que até quem nós nunca imaginamos resolve reproduzir? O grupo japonês Y-no resolveu inovar e lançar o J-pagode (ou pagode japonês) com uma música engraçadíssima que mistura influências brasileiras e japonesas.

Foi de uma mistura gostosa como essas que surgiu a trilha sonora do vídeo de lançamento da nossa nova campanha, Lingerie à Brasileira, que tem uma pitada de samba, uma pitada de música eletrônica e muita brasilidade.

Depois de tudo isso, vocês concordam que o Brasil está com tudo, né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *