Batom ou gloss?

Duas grandes paixões femininas, o batom e o gloss são itens indispensáveis em qualquer nécessaire, mas até mesmo um detalhe tão básico no que diz respeito a maquiagens tem o seu próprio modo de usar. Então, para ficar com um visual impecável, fique de olho nas dicas abaixo e, antes de escolher o que vai usar hoje, entenda as peculiaridades de cada um.

O batom

batom

– Tem uma duração e uma cobertura melhores do que o gloss;

– Sua capacidade de hidratação é maior e muitos possuem fator de proteção solar;

– Mancha mais que o gloss, então é preciso ter bastante cuidado;

– Pode ser encontrado em uma enorme variedade de cores e com texturas variadas;

– Deixa o contorno da boca mais definido;

– Opção perfeita para criar uma make marcante.

Conheça algumas opções:

batom 6Contém 1g: R$39 / Tracta: R$21,90 / Shiseido: R$102 / MAC: R$69 / Revlon: R$29,90 / Avon: R$20

O gloss

batom 2

– Dá a impressão de aumentar o volume dos lábios, então é um ótimo truque para quem tem traços mais finos;

– Seu aspecto “molhado” é a cara do verão;

– É uma opção mais moderna e, ao mesmo tempo, mais discreta que o batom;

– Alguns podem ser fluidos demais, o que é um problema;

– Normalmente, têm um cheiro mais agradável do que os batons;

– Existem poucos de longa duração no mercado, então não são indicados para ocasiões em que não será possível retocar várias vezes;

– Opção perfeita para dar mais destaque aos olhos na make, sem deixar a boca de lado.

Conheça algumas opções:

batom 5

Contém 1g: R$36 / Revlon: R$39,90 / Avon: R$9 / O Boticário: R$32,90 / Victoria’s Secret: R$30 / Mary Kay: R$14

Agora, não tem mais erro: a escolha depende das suas preferências e necessidades. Vai de batom ou de gloss?

Crianças: o que fazer quando…

Criar um filho não é uma tarefa fácil. Cada fase e cada ano de idade são como um novo ciclo de aprendizados e mudanças. Os primeiros passos, as primeiras palavras, o primeiro dia de escola, o primeiro soutien, o primeiro namorado… Tudo isso envolve algumas descobertas, uns erros, outros tantos acertos e, quando nos damos conta, já passou. O problema é alguns desses estágios não são fáceis para todos, já que os pequenos têm gostos próprios, preferências, hábitos e vontades que, muitas vezes, são completamente diferentes do que os pais tentam ensinar. Mas é claro que alguns aspectos podem ser trabalhados com um pouco de paciência, jeitinho e alguns truques. Por exemplo, você já pensou no que pode fazer quando seus filhos…

…não gostam de ler?

Crianças

Em primeiro lugar, saiba que, quanto antes acostumá-los com o universo da leitura, melhor. Existem livros para crianças a partir de dois anos, divertidos, infláveis, coloridos, com fantoches e texturas. Por que não presentear seu bebê com um desses? E já que falamos nisso, aqui vai outra dica: deixe que eles mesmos escolham o que quer ler. Leve as crianças a uma livraria, mostre as opções infantis, permita que elas folheiem, toquem e escolham. Não tenha preconceito com gibis e quadrinhos! Se é isso que seus pequenos gostam de ler, permita. Ao longo dos anos, você poderá apresentar outras opções.

…não gostam de comer frutas, legumes ou vegetais?

crianças 2

Não dá pra fugir do principal: se quiser que seus filhos se acostumem a ter uma alimentação saudável, comece dando o exemplo. Não adianta apresentar uma salada pronta e esperar que a criança adore. Monte um cardápio variado com todos os alimentos indispensáveis e envolva toda a família nesse estilo de alimentação, principalmente o marido e os irmãos mais velhos. Para crianças pequenas, a tática de montar refeições divertidas costuma funcionar bem. Com frutas ou vegetais variados, você pode criar bichinhos, paisagens, personagens e o que mais sua imaginação permitir. Além disso, é fundamental que você não desista. O pequeno não gostou de tomate? Mude a receita e apresente novamente, misture com outros alimentos que ele adora, mude as opções.

…não gostam de praticar exercícios físicos?

crianças 3

O ideal é que as crianças sejam apresentadas ao maior número de esportes que for possível até que se identifiquem com algum deles. Para isso, você não precisa matriculá-las em diversas aulas. Mudar a programação de atividades da família é um bom começo. Por exemplo: comecem a fazer caminhadas no parque; em vez de eletrônicos, presenteie também com bicicleta, patins, bolas de vôlei, futebol ou basquete, raquetes de ping pong. Valorize o esporte dentro da sua casa, mostre exemplos de grandes atletas, que levam vidas saudáveis fazendo o que gostam.

É claro que cada um encontra um jeitinho especial de lidar com os próprios filhos, mas essas táticas criativas normalmente dão ótimos resultados. Com paciência e jogo de cintura, é possível unir a família, desenvolver bons hábitos e, ainda, educar as crianças da melhor forma.

Hobby solidário

O que você faz para se divertir? Alguns gastam várias horas em computadores e smartphones, conversando com os amigos. Outros assistem a filmes, seriados, novelas. Há quem prefira fazer exercício ou passear no shopping. Mas também existem pessoas que se divertem ao mesmo tempo em que ajudam o próximo. É isso mesmo que você está pensando: realizar atividades sociais pode fazer tão bem e ser tão divertido quanto outros passatempos que já estamos acostumados.

voluntário

De acordo com o livro The Healing Power of Doing Good (sem tradução para o português), de Allan Luks e Peggy Payne, quatro horas de trabalho voluntário por mês fazem o praticante ter uma saúde bem melhor do que quem não se voluntaria. Isso porque a atividade é responsável por um sentimento de felicidade proveniente da liberação de endorfinas. Esse sentimento, por sua vez, influencia positivamente na saúde física e mental do voluntário. Além disso, esse tipo de ocupação é uma ótima forma de fazer novas e boas amizades e desenvolver habilidades.

Nós, da Feminize, acreditamos realmente em tudo isso e decidimos apresentar a vocês alguns dos amigos que fizemos ao longo do tempo.

A Assossiação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Maranguape, onde se localiza a sede da nossa fábrica, foi fundada em 1996 para ajudar os portadores de deficiência de Maranguape e suas famílias. Além de doações da comunidade, a associação de mantém por meio da confecção e venda de artesanato e realização de bazares beneficentes. Ao todo, são 105 portadores de deficiência assistidos. Um grande número de amigos que você pode fazer, né?

Já o Centro de Educação e Evangelização Universal (CEEU), fundado em 2001, tem o objetivo de ajudar a população carente de Maranguape, entre idosos, dependentes químicos e famílias necessitadas. O trabalho é feito por meio da evangelização e, também, da confecção e venda de artesanato. São 350 pessoas beneficiadas e apenas 06 voluntários. Toda mãozinha é bem-vinda!

O Instituto Volta ao Caminho, que existe desde 2010 com o intuito de ajudar dependentes químicos e suas famílias, desenvolve atividades de plantio, colheita e artesanato com mais de 100 pessoas em acompanhamento, que também realizam atividades físicas e assistem a palestras de incentivo, tudo por uma vida melhor e livre das drogas.

Mas também existem muitos outros lugares pelo Brasil que precisam de ajuda. Em São Paulo, por exemplo, a Liga Solidária, que existe desde 1923, promove diversos programas socioeducativos para mais de 3.200 pessoas. A Associação Roda Viva, no Rio de Janeiro, desenvolve atividades de reforço escolar, esportes, dança e oficinas para jovens. Em Brasília, o Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes atende e assiste idosos abandonados, carentes e sem condições de sustento.

E você nem precisa sair de casa se quiser se tornar um voluntário. Organizações mundiais como o Greenpeace e a Unicef, por exemplo, recebem doações pela Internet, que serão muito bem utilizadas. É possível, inclusive, acompanhar a prestação de contas pelos seus portais.

voluntário 2
Esses são apenas alguns exemplos de lugares muito especiais que precisam da nossa ajuda. Esses cantinhos, associações, organizações e centros de apoio também estão na sua cidade, perto da sua casa, pelos arredores do seu bairro. Faça um teste, dedique um final de semana a conhecer e voluntariar-se a fazer algo bom pelo próximo. Nós garantimos: é o começo de uma vida ainda mais feliz.

Mitos e verdades sobre descoloração de pelos

Não importa a estação do ano, descolorir os pelinhos do corpo é um hábito brasileiro muito forte, que garante uma sensualidade a mais às nossas mulheres. Em determinadas áreas do corpo, até pode substituir a depilação. O clareamento pode ser feito em casa ou em salões de beleza, com uma mistura de água oxigenada e pó descolorante aplicada sobre a pele, bem simples. Mas, de qualquer forma, ainda gera algumas dúvidas que vamos esclarecer agora mesmo.

descoloração

– Descolorir não faz os pelos crescerem mais rápido! O que acontece é que é mais fácil perceber a variação de cor quando o pelo começa a crescer. Alguns dias após a aplicação, já é possível notar isso.

– A descoloração dos pelos também não ajuda a clarear a pele. Com os pelinhos mais escuros, temos a impressão de que os membros também estão escurecidos. Quando descolorimos, a pele fica mais visível e a sensação é de estar mais clara.

– O clareamento dos pelos, quando feito corretamente, ajuda a remover células mortas da pele.

– O tempo de aplicação vai depender da espessura dos pelos. O normal é que varie entre 15 e 45 minutos, dependendo do tom que você deseja atingir. Quanto mais tempo agindo, mais claro vai ficar.

– Não há restrições com relação à área do corpo que você deseja descolorir. O importante é que, antes, você faça um teste de sensibilidade na parte interna do braço para identificar alguma possível alergia. Isso quer dizer que você pode usar no buço, nas pernas, na barriga, onde quiser.

descoloração 2

– Não é preciso se expor ao sol enquanto o descolorante age. Pelo contrário: isso é contraindicado! Pode provocar manchas, irritações e até queimaduras, então evite.

– O efeito dura por cerca de um mês, dependendo do ciclo de crescimento dos pelos de cada pessoa, portanto pode ser usado todos os meses, desde que, nos intervalos, a pele seja hidratada regularmente.

– Grávidas só podem fazer esse tipo de clareamento de pelos com autorização médica e, de preferência, após o quarto mês de gestação. Isso porque, no caso de desenvolverem alguma alergia, não poderão ser devidamente medicadas.

– Homens também podem fazer o clareamento. Não há nenhum tipo de ativo químico indicado apenas para mulheres, portanto não há restrições.

Cessadas as dúvidas, você já pode clarear todos os pelinhos para usar um belo biquíni no final de semana, que tal?

Decoração sustentável

Tem gente que desenvolve um apego incomum a coisas que fizeram parte do dia a dia, seja com roupas, com papeis ou objetos. O problema é que essas coisas acabam ficando amontoadas, envelhecendo, guardadas naquele quartinho dos fundos ou na garagem, até que, de uma forma ou de outra vão parar no lixo. Mas quem disse que tudo isso precisa ir para o lixo? Não mesmo! Com um pouquinho de criatividade, tudo pode ser perfeitamente reaproveitado, ou melhor: reinventado! Veja algumas ideias.

– O estilo retrô está na moda. Aqueles sofás, cadeiras, poltronas ou pufes antigos podem ganhar uma nova roupagem. Uma mão de verniz e uma nova estampa são suficientes para começar a mudar o estilo da sua sala. A vantagem é que você terá um móvel exclusivo.

decoração

Imagem: Absolutely Beautiful Things

– Uma moldura antiga pode virar bandeja. Dê uma nova pintura e, em vez de foto, coloque um tecido bonito no seu interior. Vai ficar chique e funcional.

– Sabe aqueles livros bem antigos, com capa dura? Eles podem virar estantes lindíssimas. É só adquirir um suporte de aço e fazer a montagem como está explicada no link.

decoração 2

– Não faz mal se você não sabe pintar. Aquela tela de pintura pode ser forrada com uma estampa bem bonita para dar uma nova cara ao cômodo, como um quadro.

– Tem uma raquete de tênis inutilizada em casa? Transforme-a em um moderno espelho e pendure na parede.

– Muitos frascos de perfumes são tão lindos que nos dão uma dorzinha em ter que jogá-los no lixo. Em vez disso, você pode transformá-los em pequenos e charmosos vasos de flores.

decoração 3

Aposto que você nunca pensou em muitos desses objetos da forma que acabamos de apresentar, mas a ideia é essa: partir do comum para ousar e criar novas formas de decorar a casa. Experimente fazer isso na sua!

Existe boa forma após a gravidez?

Mães de primeira viagem sempre têm um monte de dúvidas com relação à gravidez, o que é completamente normal. Hoje, vamos falar de uma delas: como voltar à velha forma? A pele fica flácida, é preciso perder alguns quilinhos, e tudo isso acontece no momento em que a rotina muda completamente. Sem desespero, vamos descobrir como resolver esse probleminha.

gravidez

1. Quando o bebê nascer, o ideal é beber cerca de dois litros de água por dia. Isso vai ajudar na produção do leite e é indispensável para ajudar a manter a forma porque ajuda a regular o funcionamento do fígado, um dos principais responsáveis por transformar a gordura do corpo em energia. Então se lembre de consumir bastante água, chá, sucos naturais ou água de coco.

2. Falando em leite, essa dica é fundamental: amamente muito, à vontade, quantas vezes seu bebê quiser e precisar. Para a mãe, o ato da amamentação queima até 600 calorias por dia! Isso porque é uma atividade que exige um enorme gasto de energia e, sim, ajuda a perder peso.

3. Não perca o controle da sua alimentação. São necessárias, pelo menos, cinco refeições por dia, que devem ser feitas a cada três horas. Isso ajudará a evitar que você fique com fome até o horário da próxima refeição.

4. Insira a gelatina diet na sua dieta diária. Ela é rica em água, tem 0% de gordura e quase 90% de proteína, responsável por reconstruir as fibras de colágeno, que deixam a pele mais firme.

gravidez 4

5. Já que entramos nesse assunto, vale lembrar que é preciso usar a lingerie correta. Peças de compressão também ajudam a firmar a pele da barriga novamente e até a corrigir um pouco a postura errada que algumas mulheres desenvolvem com o peso da barriga. Além disso, soutiens de amamentação não são necessários apenas para essa finalidade, sabia? Eles também são fundamentais para evitar a flacidez dos seios, pois sustentam o busto da maneira correta, e são feitos com tecidos especiais para evitar irritações e alergias.

gravidez 2

6. Por fim, alguns exercícios são muito recomendados para entrar em forma novamente. Após um mês do parto (cesáreo ou normal), a mulher já pode iniciar uma rotina de caminhadas leves e alongamento muscular. Depois de 45 a 60 dias, yoga e pilates, que são atividades relaxantes e que trabalham o corpo todo, já estão liberados.

No mais, basta seguir uma dieta saudável, como já mostramos aqui e aproveitar muito a nova fase da sua família em ótima forma!