Uma academia para chamar de sua

Tudo bem, nós entendemos que nem todo mundo pode ir à academia. Às vezes, não sobra tempo; às vezes, falta coragem; às vezes, o cuidado com o combo casa + carreira + filhos acaba sendo mais exaustivo do que o esperado. Mas, nesses casos, você já pensou em levar a academia até você? Não é tão difícil assim montar o seu próprio espaço fitness em casa. Na verdade, tudo o que você vai precisar é de um lugar, de uma boa dose de disposição e de algumas dicas, e essa parte é por nossa conta!

academia 1

1) Na hora de escolher os aparelhos, pense em duas coisas: um multifuncional, com diversas atividades de musculação, e um aeróbico, que pode ser esteira, bicicleta ou elíptico.

2) Se a grana estiver pouca, nossa sugestão é começar pelo elíptico (também chamado de transport), pois ele é um exercício muito completo, que movimenta todo o corpo e ajuda a emagrecer e tonificar.

3) Pesos, cordas extensoras e tornozeleiras também são bastante econômicos, ocupam pouco espaço e servem para diversos exercícios. Outra coisa que não pode faltar no seu cantinho é um colchonete para os abdominais e uma corda de pular.

4) Se não tiver um lugar específico pra isso, invista em equipamentos portáteis e compactos. Alguns já são desenvolvidos em tamanhos menores, outros têm rodinhas que facilitam o deslocamento. Assim, você pode afastar os móveis da sala, armar sua academia e reorganizar tudo depois.

5) Peça a ajuda de um educador físico. É ele que vai indicar as séries, as repetições e a postura adequada para cada exercício. Nada disso pode ser decidido sem a ajuda de um profissional, pois você pode se machucar.

6) Não pode faltar música! Isso é um baita estimulante e ajuda a manter o ritmo.

Na dúvida, veja algumas sugestões:

academia 2

E o acompanhamento também pode ter um reforço feito por você. Já existem aplicativos para smartphones que ajudam na difícil tarefa de manter a rotina de exercícios. Um exemplo disso é o Runastic, que permite analisar o desempenho de mais de 30 atividades esportivas, mensurando tempo, gasto de calorias, batimento cardíaco e muito mais.  O Crossfit Travel traz diversos programas de ginástica para quem não tem espaço nem equipamentos para fazê-los e o Jetfit Pro é quase um personal trainer online, que ajuda a instruir exercícios e acompanhar o progresso baseado em metas.

E não esqueça que existem outros artifícios para deixar o momento ainda mais confortável e empolgante. A escolha da lingerie correta para a prática de esportes, por exemplo, com sutiã com costas nadador e calcinha larga, como já falamos aqui, é um deles. Outra coisa que pode deixar a malhação ainda mais atraente é potencializar os efeitos com uma boa alimentação e a dieta correta. Quando você começar a ver os resultados no espelho, não vai mais querer parar.

Não tem mais desculpas, né? Foca no treino!

Lenço: pra que te quero?

Que os acessórios são algumas de nossas grandes paixões, todo mundo já sabe. Adoramos a versatilidade que esses detalhes acrescentam aos nossos looks, transformando-os em vários. Mas e quando o acessório, por si só, já é incrivelmente versátil? Assim são os lenços: grandes, pequenos, finos, com franjas, bordados, coloridos ou bem básicos, eles podem ser usados de tantas formas e em tantas ocasiões que é bom você começar a incorporá-los ao seu guarda-roupa (e rápido!). Mas, antes, que tal um pouco de inspiração?

lenço 3

Na cabeça

O lenço no cabelo pode virar qualquer coisa que você imaginar. Com uma amarração simples, ele pode ser uma tiara; com as pontinhas para cima, amarrado com um laço, o visual fica muito romântico e há, ainda, a opção mais popular do momento, que é transformá-lo em turbante, como no vídeo abaixo:

No pescoço

Se usado no pescoço, não tem a menor chance de que o lenço deixe o visual monótono. Isso porque, além de ser uma peça de muito estilo, as incontáveis formas de usá-lo vão deixar sua produção exclusiva. Veja só:

Na cintura

Um truque para qualquer look básico, seja com calça, short ou vestido, é amarrar um lencinho bem contrastante na cintura ou no cós da peça.

lenço

Na bolsa

Para usá-lo na bolsa, além da amarração simples, com um laço, é possível encobrir toda uma alça, como ensina a top blogger Camila Coelho.

Agora, se você ainda não tem nenhum lencinho e nem sabe por onde começar a escolher, veja nossas sugestões:

Simples e sofisticado, delicado e moderno, tudo ao mesmo tempo. Use muito!

Combinando ousadia e bem-estar

Tubinho, saia lápis, bandagem, modelagem sereia… O que tudo isso tem em comum? O desafio de usar com a lingerie ideal. Todas sabemos que, em muitas ocasiões, a roupa de baixo determina o resultado da produção completa, e foi exatamente por isso que criamos a linha Harmonize e a coleção Unic Funcional, por exemplo, que vocês já conheceram aqui. Hoje, aprofundando um pouco mais o assunto, vamos falar de uma peça-chave para produções mais ousadas: o combinete.

 Combinete

O combinete é a segunda coisa em comum para a nossa pergunta inicial, já que pode ser usado perfeitamente com tudo o que citamos lá em cima. Graças à sua modelagem e ao poder de compressão, ele funciona com vários tipos de roupa que exigem uma silhueta mais esbelta. De uma vez só, essa peça modela abdome, costas, cintura, culote e quadril, dá pra acreditar?

Ideal para usar com saias e vestidos, nosso combinete tem alças reforçadas, mais largas, que ajudam na sustentação do colo e no conforto à coluna. Mas, como praticidade é algo que adoramos, elas podem ser removidas para que você possa arrasar também com aquele tubinho tomara que caia e outros tipos de decotes. Além disso, desenvolvemos com todo cuidado um reforço duplo abdominal e costas com elástico de silicone para uma aderência perfeita ao corpo. Veja com o que combinar:

combinete 2

E, para fechar com chave de ouro, uma das principais vantagens: por ser uma peça única, o combinete não deixa marquinhas sob a roupa. E nós prometemos que, depois de usar um desses, você nunca mais vai conseguir largá-lo!

É tendência: peplum

No meio dessas reinvenções da moda, existe uma tendência que foi criada lá em 1947 e tem feito o maior sucesso ultimamente. Estamos falando do peplum, criado pelo estilista Christian Dior com uma inspiração que tem tudo a ver com essa temporada: as pétalas de flores. Se você ainda não ligou o nome à coisa, saiba que estamos falando daquele grande babado que aparece na altura da cintura, em blusas, saias, shorts, calças e até casacos, como se fosse uma sainha extra sobre a roupa. Delicada, mas muito diferente, a produção exige alguns cuidados na hora de usar, que vamos esclarecer agora mesmo.

peplum 3

1) A forma mais fácil de usar essa tendência é com uma saia lápis, aquela que é bem sequinha, colada no corpo, sem muitos detalhes. O resultado vai ser discreto, elegante e fácil de combinar.

2) Falando em combinar, o segredo para usar peplum é o equilíbrio. Como o babado extra aumenta (e muito) a silhueta, misture-o com peças mais justas.

3) O peplum valoriza as formas das magrinhas, mas também está permitido para quem um tamanho plus. Isso porque, se usado corretamente, pode disfarçar a barriguinha e afinar a cintura. Mas cuidado com o quadril: para ajudar a amenizar as curvas, use com uma peça neutra, preferencialmente em tons escuros.

4) Baixinhas devem escolher modelos com o babado menor. Para quem tem o corpo estreito ou em formato de triângulo invertido, a tendência é superindicada.

5) Cuidado com o babado aplicado apenas nas laterais da peça, ele pode ressaltar uma gordurinha abdominal indesejada.

6) O peplum sempre vai ser o centro das atenções do look. Se escolher usá-lo, cuidado com os acessórios para não sobrecarregar demais a produção.

Agora, escolha o seu modelo!

peplum

Acredite: seguindo essas orientações, o peplum vai valorizar suas curvas de uma forma que você nem vai acreditar. Experimente!

Com qual eu vou?

Salto alto é uma das grandes paixões femininas, isso é inegável. Mas é bem difícil usá-lo todos os dias, em qualquer ocasião, principalmente com a correria das nossas rotinas. Foi por isso que os sapatos em estilo “flat” caíram no gosto da mulherada e, claro, também conquistaram nossos corações. Como nós gostamos de praticidade e conforto em primeiro lugar (e isso é tudo o que desejamos para você também), vamos dedicar esse post todinho aos tênis e sapatilhas, e mostrar como usá-los de acordo com a ocasião.

O tênis: quando, como e onde?

Está muito enganado quem pensa que tênis é calçado apenas de escola ou academia. Ele é um tipo de sapato bem urbano, ideal para quem tem uma personalidade agitada e um visual mais despojado. É claro que você não poderá usá-lo em uma ocasião formal ou uma festa, mas ele está permitido em quase todas as outras ocasiões. No trabalho, também, desde que esteja de acordo com o seu local de serviço.

Use com t-shirt, muito jeans, tecidos leves e roupas bem alegres. Por ser um sapato muito despojado, o look precisa estar em sintonia. Se quiser usar com uma produção mais sofisticada, experimente os modelos “sapatênis”, que normalmente são feitos com materiais mais nobres e têm um design mais suave.

sapatilha 1

E a sapatilha?

Essa já é uma queridinha no universo feminino. Por ser mais delicada e incrivelmente versátil, a sapatilha funciona com tudo, com qualquer estilo e praticamente toda ocasião. Por exemplo: quando escolher uma para o trabalho, prefira os modelos completamente fechados, sem muitos detalhes e em cores neutras; para uma festa, opte por algo com brilho, transparência ou pedrarias; para se divertir com os amigos, vale tudo: spikes, modelos vazados, lacinhos, estampas divertidas e o que você preferir. E não há restrições quanto ao uso, o que é o melhor.

sapatilha 2

O tipo de corpo influencia?

Sim! Tanto para o tênis quanto para a sapatilha, existem alguns truques que ajudam a montar a produção de acordo com o seu corpo. Por exemplo: se tiver pernas e pés grossos, prefira modelos com laterais fechadas e bico fino, que alongam o pé. Se você for baixinha, escolha peças com cores semelhantes ao seu tom de pele. Se seus pés são grandes, uma dica é escolher modelos bicolores, com bicos em cores diferentes.

É bom que você saiba que o uso frequente de sapatos de salto alto causa encurtamento nos músculos da parte de trás da perna, danos na coluna e nos joelhos, então que tal pensar na possibilidade de usar mais tênis e sapatilhas de vez em quando?

Harmonize suas formas

A mulher brasileira tem curvas diferentes de todas as outras no mundo. Nem todas usamos manequim 36, e o quadril largo, por exemplo, é uma característica marcante da nossa silhueta. Mas até nisso nós demos um jeitinho! Sabe aquela gordurinha extra na região abdominal que você sempre quis disfarçar? E o temido culote, que nunca fica bem naquele vestido de festa maravilhoso? Essas e outras curvas podem se transformar com a lingerie correta. Veja só!

Nossa linha Harmonize, feita em microfibra Power – um tecido tecnológico com alto percentual de fio elastano – modela o corpo com firmeza e suave compressão. Body, calcinha de cintura alta, cinta modeladora, camisete, bermuda combinete e macaquinho modelador são algumas das peças especialmente desenvolvidas para redesenhar as suas formas preferidas.

harmonize 4

Da mesma forma, nossa coleção Unic Double é capaz de camuflar algumas pequenas imperfeições. Com modelagens duplas em microfibra leve, toque ultramacio e suave compressão, seus contornos não marcam e possuem total aderência à pele, permitindo um caimento perfeito.

harmonize 3

O resultado disso tudo é uma cintura mais fininha, um quadril com medidas mais discretas, um abdome sem marcas de pneuzinhos. E cada uma dessas peças tem uma funcionalidade, descubra qual delas está de acordo com a sua necessidade.

– O camisete e o body são ideais para usar como segunda pele, sob a blusa. Além de modelar toda a região abdominal, ajudam a valorizar o busto e até melhoram a postura.

harmonize 5

– Para quem quer uma cintura mais fina, a cinta modeladora é uma ótima ajuda. No tamanho correto, ela valoriza a silhueta sem incomodar.

harmonize 6

– Para quem tem o famoso “pneu”, aquela gordura localizada da circunferência abdominal, nós indicamos as calcinhas modeladas de cintura alta.

harmonize 7

– Se o problema é o culote, ele pode ser facilmente disfarçado com uma bermuda, que, além de tudo, é muito confortável.

harmonize 9

– O combinete e o macaquinho, que modelam quase todo o corpo de uma vez só, são as escolhas ideais para usar sob um vestido especial.

harmonize 8

Além de toda essa ajudinha, só podemos indicar que você diminua o sal, para evitar a retenção de líquidos, aumente a carga de exercícios aeróbicos, que ajudam a perder peso e diminuir medidas e relaxe muito, pois a tensão ajuda a acumular gordura. Probleminha resolvido, né?